Maxinutri

Suplementos para uma vida saudável

EN ES CH Acesso restrito

Dicas para uma boa alimentação na infância!

A alimentação dos filhos sempre é uma das preocupações principais dos pais. Conforme a criança vai ficando mais velha, fazê-la comer bem vai se tornando cada vez uma tarefa mais difícil, pois os pequenos vão ganhando consciência e fazendo suas escolhas de acordo com aquilo que mais lhe agrada dentre os alimentos oferecidos para eles.

Os cuidados com a saúde e alimentação das crianças, começam antes mesmo do nascimento, já que através do cordão umbilical já recebem os nutrientes necessários para o seu bom desenvolvimento, logo tudo que a mãe ingere vai para o bebê.

O adequado é que o bebê permaneça em aleitamento materno exclusivo até os 6 meses de idade, sem necessidade de água, sucos, chá ou outros alimentos, pois o leite, além de alimentar e suprir as necessidades do bebê nesse período, também o hidrata, saciando sua sede, por conta disso a importância de amamentar a criança sempre que ela quiser, chamado de livre demanda.

Após os 6 meses de vida, tem início a introdução da alimentação complementar na vida do bebê, começando por alimentos leves e com consistência macia, mas ainda associado ao leite materno se possível; e essa alimentação vai evoluindo aos poucos.

A partir do 1º ano de vida, a alimentação da criança começa a ser cada vez mais parecida com a da família, aos 2 anos ela já começa a acompanhar a rotina alimentar de sua casa, lembrando sempre que é bom evitar alguns tipos de alimentos aos pequenos, como frituras, doces e industrializados ricos em sódio e gorduras.

A partir dos 2 anos é comum ver o apetite dos pequenos diminuir, isso porque, além do crescimento desacelerar, a criança ganha mais autonomia, e brincar e descobrir o mundo se tornam atividades muito mais interessantes do que comer.

A criança quando muito pequena não sabe diferenciar os alimentos, logo elas não ficam com vontade de alimentos específicos, e os pais não precisam se culpar por deixar os filhos com vontade, ofereça a eles alimentos que eles podem ingerir, além disso elas se espelham bastante nos pais, eles são sua primeira referência em todas as áreas da vida, e com a alimentação não é diferente, sendo assim é importante que os pais tenham uma alimentação saudável e levem seus filhos a terem a mesma prática.

Alimentos que devem ser evitados para crianças

  • Refrigerantes
  • Sucos artificiais
  • Frituras em geral
  • Chocolate
  • Maionese
  • Mostarda
  • Produtos embutidos (salame, presunto, linguiça, mortadela)
  • Enlatados (picles, palmito, azeitona, picles etc)
  • Alimentos muito doces
  • Produtos com excesso de sal

Alimentos indicados para as crianças

  • Frutas
  • Verduras
  • Legumes
  • Sucos naturais
  • Arroz
  • Feijão
  • Carnes magras
  • Iogurtes naturais
  • Bolos simples (sem cobertura, podendo ser feitos também com legumes ou frutas, de fubá, de cenoura, de banana, de abacaxi, de maçã, de beterraba)
  • Leite batido com frutas

Dicas valiosas

  • A amamentação deve ser exclusiva até os 6 meses, após isso começa a introdução alimentar. Seja persistente, é necessário que a criança seja exposta ao alimento por volta de 8 vezes para se acostumar com o novo sabor, ou não.
  • Não force a criança a comer, isso pode distorcer as percepções dela sobre alimentação.
  • Aos 2 anos seu filho já deve comer os mesmos alimentos que os demais membros da casa, elas aprendem por imitação, então para uma criança que “come de tudo” é necessário que os pais também comam. É importante também que as refeições sejam feitas a mesa, em família.
  • Uma criança agitada, não comerá direito, é necessário um período de descanso entre as brincadeiras e a hora de comer, e sem tablets ou televisão durante a refeição!
  • Façam receitas saudáveis juntos! Cozinhar pode ser uma boa brincadeira, um ótimo modo de ensinar sobre os alimentos e ainda incentiva a boa alimentação.
  • A fome é o melhor remédio, ofereça pequenas quantidades de comida e pergunte se ela deseja mais.
  • Estabeleça uma rotina, com horários definidos. A criança deve fazer em torno de 6 refeições por dia.
  • Não se esqueça da água. E não ofereça doces para crianças.
Compre agora