Maxinutri

Suplementos para uma vida saudável

EN ES CH Acesso restrito

Como saber se é intolerância à lactose

​A intolerância à lactose é a incapacidade do organismo de digerir o açúcar presente no leite, a lactose, causando sintomas como cólica, gases e diarreia, que surgem momentos após a ingestão deste alimento. Para confirmar a presença de intolerância à lactose, o diagnóstico pode ser feito através de exame de fezes, exame de sangue, teste respiratório ou biópsia do intestino.

Apesar de normalmente ser diagnosticada na infância, os adultos também podem desenvolver intolerância à lactose, com sintomas mais ou menos intensos de acordo com a gravidade da intolerância.

1. Observe os sintomas de intolerância à lactose

Os sintomas próprios da intolerância à lactose podem se manisfestar com mais ou menos intensidade de acordo com o grau da incapacidade da produção da lactase, enzima que digere o leite de vaca, podem ser:

  • Cólica – dor abdominal;
  • Gases intestinais;
  • Diarreia ácida.

Estes sintomas geralmente aparecem momentos após a ingestão de leite de vaca, derivados do leite ou produtos que sejam preparados com leite. por isso se você apresenta estes sintomas, experimente fazer o teste de exclusão alimentar durante 7 dias para ver se os sintomas desaparecem.

2. Faça o teste de exclusão alimentar

Se suspeita que não digere bem o leite de vaca experimente deixar de consumir este leite por 7 dias. Se dentro destes dias você não apresentar sintomas, faça um teste e tome um pouco de leite e então espere para ver a reação do seu organismo. Se os sintomas retornarem, é possível que tenha intolerância à lactose e não possa ingerir leite de vaca.

Este teste pode ser feito com todos os alimentos que sejam preparados com leite, como queijo, manteiga, pudim e manjar, por exemplo. E dependendo do seu grau de intolerância à lactose, os sintomas podem ser mais ou menos intensos.

3. Vá ao médico e faça exames

Para ter certeza que é intolerância à lactose, além de fazer o teste de exclusão alimentar, você pode fazer exames como por exemplo:

  • Exame de fezes: mede a acidez das fezes sendo muito comum para detectar a intolerância à lactose em bebês e crianças pequenas.
  • Teste do ar expirado: mede a presença anormal de hidrogênio no ar expirado após a ingestão de lactose diluída em água. Saiba como fazer esse exame.
  • Exame de sangue: mede a quantidade de glicose no sangue após tomar lactose diluída em água no laboratório.
  • Biópsia do intestino: neste caso uma pequena amostra do intestino é analisada no microscópio para identificar a presença ou ausência de células específicas que determinam a intolerância à lactose. Apesar de muito útil é menos utilizado por ser mais invasivo.

Estes exames podem ser solicitados pelo clínico geral ou alergologista em caso de suspeita de intolerância à lactose ou quando o teste da exclusão alimentar deixa algumas dúvidas.

É muito importante diagnosticar e tratar a intolerância à lactose, porque esta é uma condição que provoca sintomas desagradáveis e afeta a absorção de nutrientes importantes para o organismo.

Tratamento para intolerância à lactose

O tratamento da intolerância à lactose consiste na exclusão do leite de vaca e de tudo que seja preparado com leite de vaca como bolo, biscoito, bolacha e pudim, da alimentação. No entanto, algumas vezes a pessoa pode tomar um suplemento de lactase, que é enzima que digere o leite, quando precisar ou desejar comer algum alimento preparado com leite de vaca.

A lactase pode ser pode ser comprada na farmácia ou na farmácias de manipulação e é muito fácil de ser usada. Esta enzima pode ser adicionada a receita do bolo ou pode ser ingerida momentos antes da ingestão desses alimentos. Alguns exemplos são Lactrase, Lactosil e Digelac. Outra possibilidade são as cápsulas de carvão vegetal aliviam os sintomas após a pessoa ter ingerido alguma fonte de lactose e podem ser úteis, numa emergência.

O leite de vaca é rico em cálcio, que é importante para manter a saúde dos ossos, e por isso as pessoas que possuem intolerância à lactose devem aumentar o consumo de outros alimentos fonte de cálcio como ameixa seca e amora preta, por exemplo. Veja outros exemplos em: Alimentos ricos em cálcio.

No entanto, existem diversos níveis de intolerância à lactose e nem todos, precisam deixar de comer derivados do leite, como queijo e iogurte, porque estes alimentos possuem uma menor quantidade de lactose, sendo possível comer uma pequena quantidade uma vez ou outra.

Compre agora